Dia Nacional da Consciência Negra

Poesia na pele. (foto do meu arquivo pessoal 2011)
Poesia na pele.
(foto do meu arquivo pessoal 2011 e releitura na fotoarte com o poema “Dia Nacional da Consciência Negra.”)

Dia Nacional da Consciência Negra

Para consciência
duas doses chega?
ter um pouco de ciência
e raça na raça aconchega.

Primeiro o que é raça?
pois somos misturas de nós
no principio Adão, Eva e a taça
sorvida com maçãs e vida em nós.

Dentro da casca da noz, há alimento
estímulos sensoriais da natureza
pão e foz a um olhar atento
busca incessante das certezas.

Somos feitos do mesmo sopro
que desse barro moreno se molda
efeitos de elementos soltos
que ao tempo se acomoda.

O porque do preconceito
não deveria existir
revejam seus próprios conceitos
principalmente aqui.

Somos brasileiros
povo de raízes africanas
história humana de muitos guerreiros
que já nascem livres nessas savanas.

Na nossa pele as texturas
pulsam impulsos originais
poro a poro as leituras
de muitos aspectos gerais.

Nesse dia a importância e a negritude
ter na poesia algo além dos versos
saber que toda palavra grita atitude
isso é mover e mover-se no universo.
– Iatamyra Rocha

“As pessoas aqui no Espírito Santo acham chiquérrimo dizer:

Eu sou descendente de alemão, eu sou descendente de italiano.

Eu acho chiquérrimo ser descendente de Negros.”

– Elisa Lucinda

Anúncios

Obrigada pela visita e palavras.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s