Prenúncio Poético

Este slideshow necessita de JavaScript.

Acordei hoje com uma sensação de que o tempo era só um sonho, e dentro desse sonho viver era só apertar um botão, que ao ligado todos os viveres passariam na sua frente em vão, sensação de impotência e fracasso diante dos laços inacabados, diante dos abraços sem cor e da apatia na tez da minha poesia, um prenúncio de pura insatisfação, eu e minha inquietude que me agonia.

 

Diante disso tenho na mente  vários versos inacabados, vários prazeres desejados e um só eu, perdida em meio a esse desvario de vontades, nesse carrossel de liberdades que gira em redemoinhos de cores, junto a amores e dissabores, só a espera do mar se acalmar..Só a espera do que eu nem sei se tem do outro lado de lá.

 

Talvez esse momento seja só um vento que passa e que leva um pouco de mim, deixando pedaços do meu sentir em cada esquina, como casulos guardados no tempo só a espera de poder se rasgar em asas translúcidas e voar sem destino em desatinos cósmicos e orgasmáticos, em puro prazer de se viver sem ser cobrado pedágio para repirar um ar mais leve e perfumado, um ar feito somente para se amar e nascer.

®IatamyraRocha

Anúncios

Obrigada pela visita e palavras.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s