Cry baby

Rasgo meu poema

Mensagens,letras e fonemas

Num minuto de anseio vão

Perco-me em restos pelo chão

Na vitrola um disco arranhado

Toca cry baby com Janis ao meu lado

Tudo é fumaça e nó

Como,o meu amor sem dó

Engulo à  seco tudo

Até o teu eco mudo

Procuro os pedaços dos versos

Entre livros submersos

Desejo escrever um poema de amor

Mas,como um cristal ele quebrou

Começava pelo fim

Sentindo você dentro de mim

Na tal noite,do carro e da chama

Que você acendeu na tua cama

Baby,você roubou minha calma

Segregou minha alma

Meus elos e minha verdade

Mas,morro de saudades.

®IatamyraRocha

Anúncios

Obrigada pela visita e palavras.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s