O Rio das memórias

O rio das memórias

Flui em pequenos filetes

De imagens…sons…cheiros

E desemboca no profundo

Nas águas das histórias

O tempo das memórias

Passa em câmera lenta

Deixam saudades macias

Sabores de ternura

E no olhar assenta

O rio vai correndo

Por pedaços de emoção

Escritos dentro da alma

águas de carinho

No oceano do coração

Quem dera afundar

Os pulmões encher

Dessa água de memória

Engolir  minha história

Abraçar  meu perdão.

[Iatamyra]



Anúncios

Um comentário sobre “O Rio das memórias”

Obrigada pela visita e palavras.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s